Cerveja em lata, sim!

Elas são simples de transportar e estocar, fáceis de reciclar, e geralmente mais baratas. Estas são só algumas das razões pelas quais as cervejarias vem cada vez mais aderindo às cervejas em lata.

Por serem mais leves e ocuparem menos espaço, as latas fazem com que o transporte e estocagem da cerveja sejam mais baratos. O metal usado nas latas (alumínio) é 100% reciclável, o que faz com que elas também ganhem a simpatia dos ecologistas.

Ok, cervejas em lata são uma boa opção para as cervejarias. Mas você sabia que elas também são uma ótima opção para você, consumidor? Ao contrário do que muitos pensam, a lata não é inimiga do sabor da cerveja: não, ela não faz com que a cerveja tenha gosto de metal. Hoje em dia, as latas tem uma espécie de película protetora, que impedem o contato do líquido com o alumínio.

Resultado de imagem para cervejas artesanaisem lata

Em relação ao sabor, quando comparadas com as garrafas as latas apresentam um grande benefício: elas protegem melhor a cerveja de 2 de seus inimigos: a luz e o oxigênio. A exposição à luz pode causar um off flavour que chamamos de light struck, o famoso cheiro de gambá. O acabamento da lata não permite nenhuma passagem de oxigênio, o que eventualmente pode acontecer com a tampa das garrafas.

 

Ainda tem o fato de que uma lata não quebra como uma garrafa, e por isso sua entrada pode ser permitida em eventos (uma grande conveniência).  E vale lembrar também que a cerveja gela mais rápido em uma lata do que emu ma garrafa.

Tenho certeza de que, mesmo depois de todos estes argumentos, alguns leitores ainda estão pensando que não gostam da cerveja em lata. E com uma certa razão! Se você tomar a cerveja diretamente da lata, com certeza o alumínio vai prejudicar a apreciação dos aromas (e consequentemente sabores) da cerveja. Mas a solução é simples: como um bom cervejeiro, sirva a cerveja em um copo apropriado ao invés de consumir direto da lata. Depois disso, acredito que acabamos com todos os preconceitos.

 

 

Falando um pouquinho de história… Nos EUA, no começo dos anos 90, as cervejas em garrafa ganharam grande popularidade. Consequentemente as cervejas em lata deixaram de ser “cool”. Só em 2002 é que a primeira craft brewery fez uso da cerveja em lata – a Colorado’s Oskar Blues, com a Dale’s Pale Ale. Esta cerveja ganhou vários prêmios e contribuiu para que as cervejas em lata ganhassem novamente notoriedade.

 

Hoje, segundo Peter Love (dono de uma das maiores empresas de latas dos EUA), as vendas de latas para cervejas artesanais crescem em média 89% ao ano, enquanto a venda de garrafas cresce apenas 9%.  Várias cervejarias americanas fazem o envase em lata internamente, reduzindo ainda mais os custos. Seguindo a tendência, é de se esperar que as latas ganhem espaço nas prateleiras de cervejas especiais no Brasil. Mas não vai ser nada fácil quebrar o preconceito por aqui. Espero que este texto ajude nesta parte!Definir imagem destacada

 

Por Gisele Russano

Leia mais sobre este tema em: http://www.oclubedacerveja.com.br/2017/07/07/5-motivos-para-voce-preferir-as-latinhas/

Leave a comment

Your email address will not be published.


*